COELBA ABRE INSCRIÇÃO GRATUITA PARA CURSO DE ELETRICISTA NA REGIÃO

Estão abertas as inscrições para formação das primeiras turmas da Escola de Eletricistas da Coelba nas cidades de Brumado, Irecê e Ipirá. As vagas disponibilizadas são gratuitas e devem ser realizadas exclusivamente via internet, no site www.fieb.org.br/senai, até 18 horas da próxima sexta (24) ou até atingir o número limite de 600 inscritos por município.
O curso de capacitação é gratuito e ministrado em parceria com o SENAI/BA. Os selecionados terão formação como eletricistas para atuação em redes de distribuição de energia elétrica. Todos os formandos vão compor o “Banco de Talentos” da COELBA para possíveis oportunidades de trabalho.
 Os candidatos (mulheres e homens), que serão selecionados em seis etapas, precisam ter concluído o ensino médio ou equivalente; ter no mínimo 18 anos na data de inscrição no processo seletivo; possuir carteira de habilitação definitiva B, C ou D.
 Ao final da seleção, 50 vagas serão preenchidas em cada município e 150 profissionais vão realizar o curso, que possui carga horária de 480 horas, e será ministrado nas Unidades do SENAI/BA de Brumado, Irecê e Ipirá. Durante o período de formação, os selecionados terão auxílio transporte e alimentação.
Para mais informações acesse o site: www.coelba.com.br.
Fonte:Coelba


FAMÍLIA VELOSO COMEMORA CENTENÁRIO DA MATRIARCA



Aconteceu no ultimo Sábado (18/01), na cidade de Anguera, uma festa marcante e difícil de encontramos nos últimos tempos. Essa festa, foi o Centenário da Senhora Antonia Veloso, matriarca da tradicional FAMÍLIA VELOSO.

Nascida em 17 de Janeiro de 1920, Antônia Veloso, conhecida como Dona Preta ou Vó Preta, celebrou junto a familiares e amigos, os seus 100 anos, vividos com muita dificuldade mais com muita força de Vontade.


A Família vinha organizando a festa desde o ano de 2017, na liderança de Concilia Veloso (NETA), Caroline Veloso (BISNETA) e Josélia Carvalho (BISNETA). De lá pra cá foram reunindo idéias, incentivando os familiares a participarem e principalmente levantando recursos para a realização da festa, recurso este doado por mais que a maioria dos familiares participantes.


Como toda família nordestina, os familiares, muitos espalhados pela cidade de São Paulo, se mobilizaram e fizeram-se presente neste dia marcante, que foi celebrado no sábado e ainda no domingo, sendo os convidados os familiares, vizinhos e amigos participantes da sua história.

Abaixo, vocês conferem um pouco da história de Dona Preta, escrito por familiares e contado pela própria em uma roda de conversa, divertida e animada em um fim de tarde.

LEIAM ABAIXO NA INTEGRA:


Em uma cidade pequena, acolhedora, e com pouco mais de 11 mil habitantes, reside a Senhora Antonia Veloso dos Santos... Sim, Antonia Veloso dos Santos. Mas, para a grande maioria essa jovem senhora é a “Dona Preta” e para uma outra parte, entre eles: Tios, sobrinhos, primos, netos, bisnetos, tataranetos e até agregados ... essa senhora é carinhosamente chamada de “Vó Preta”, que com seu jeito simples, alegre e carinhoso, agrega essa GRANDE FAMILIA.


Vó Preta nasceu em 17 de Janeiro de 1920, em Bonfim de Feira, Distrito de Feira de Santana, bem pertinho de nós... E Lá na fazenda Pau de Cedro, com bastante dificuldade, pois muitas vezes fabricavam farinha e tinha que caçar suas próprias refeições, seus pais, o senhor Rufino Veloso dos Santos (in memoriam), na época tropeiro e sua mãe, a senhora Maria Firmina dos Santos Veloso, que era Dona de Casa (in memoriam), Vó Preta foi criada até os seus 20 anos de idade, quando então conheceu seu esposo Gregório Moreira Bastos, com quem se casou em 1940, aos 20 anos.

O Casal Rufino Veloso e Maria Firmina, tiveram ainda mais 7 filhos sendo eles: Saturnino, Alice, Jone, Léo, Mico, Josina e Antonio. Vó Preta, foi a 6ª Filha.


Como citado anteriormente, aos 20 anos de idade, lá em 1940, Vó Preta e Gregório, já casados, mudaram-se para a Fazenda Massapê aqui em Anguera e lá tiveram 11 filhos, sendo: Maria Veloso Bispo (Nega), Laurinda Veloso (Gata), Perolina Veloso (Peru), Aurelina Veloso (Tutinha), um casal de gêmeos: Maria e José (que faleceram ainda bebezinhos), Maria Veloso Bastos (Santinha), os Gêmeos: Francisco Veloso (Didi - In memorian) e Franscisquinho (Faleceu bebezinho) e mais outro casal de gêmeos: Cosme Veloso (kito, in memorian) e Mirian (Niniu).

E como Vó preta veio parar em Anguera?


Como a Fazenda Massapê é bem próximo da Sede, Vó Preta conseguiu mudar para a cidade após o falecimento do seu pai, que deixou como herança uma fazenda e alguns animais. Ao receber a sua parte, Vó preta tratou logo de comprar uma casa em Anguera, casa esta que reside até hoje. E cada um de seus filhos tomaram seus rumos, construindo as suas respectivas famílias e formas de sobrevivência, cada um com suas lutas e dificuldades, mas com muita força de vontade.



Já residindo em Anguera, Vó Preta que não tinha estudo, devido a dificuldade da época, dedicou-se a Lavoura e possuía uma barraquinha no centro da cidade, onde vendia alguns quitutes, sendo daí o recurso para a renda da casa.

O tempo foi passando, e em um determinado tempo Vó Preta recebeu o chamado e aceitou a Jesus, juntamente com seu filho de nome Francisco. Tempos depois, suas filhas Maria Veloso Bastos, Laurinda Veloso e Maria Veloso Silva, também aceitaram, época em que o Pastor Lobato e Álvaro pastoreava a Primeira Igreja Batista, mesma Igreja onde todas e grande parte da família congregam até hoje.

Hoje, 100 anos depois, a família veloso se reuniram  para celebrar este dia muito especial... 100 anos de lutas e vitórias, 100 anos bem vividos com muita dificuldade, mas com muita esperança e acima de tudo com muita fé em Deus.

GRUPO OS PLAYBOYS DIVULGA PRIMEIRAS ATRAÇÕES



O Grupo OS PLAYBOYS já começa a movimentar as Redes Sociais com a divulgação da grade de atrações da Edição 2020.

A Festa acontece no dia 11 de Julho e promete ser ainda melhor do que a edição anterior.

Já foram divulgadas as atrações: Kevi Jonny e Luanzinho Moraes, este ultimo repetindo a dose do ano passado.



O grupo promete realizar um evento ainda maior e melhor, tudo pra satisfazer o público que conhece a marca Os Playboys.

JORNADA PEDAGÓGICA 2020 COM TEMA E PALESTRANTE DEFINIDO



A Secretaria Municipal de Educação, divulgou na manhã dessa segunda-feira (20/01) mais detalhes sobre a Jornada Pedagógica 2020, que acontecerá nos dias 18, 19 e 20 de Fevereiro.

Dias atrás através das Redes Sociais, foi divulgado o tema deste ano, sendo: “CURRÍCULO ESCOLAR, PLANEJAMENTO E CONSTRUÇÃO DAS APRENDIZAGENS”.

A abertura acontecerá no Clube de Campo Tropical, em horário diferente dos demais anos, sendo então marcada para as 18 horas.

O Palestrante Pedro Paulo Luz, estará trazendo uma palestra motivacional com tema: A Motivação como base para o sucesso da Educação.

Segundo o Secretário de Educação Iury Mendes “A Jornada Pedagógica deste ano discutirá o currículo municipal, que estará alinhado com a Base Nacional Comum Curricular. Será um momento de debates e estudos sobre a nova forma de planejar e construir as aprendizagens no dia a dia da sala de aula”. Ainda sobre o novo horário divulgado ele esclarece: “A Secretaria de Educação estará trazendo a abertura da Jornada para um horário diferente, sendo as 18 horas. Um horário menos quente para o público. Nossa equipe esta organizando toda a rota do transporte tanto de Feira de Santana quanto da zona rural, para que todos possam participar da abertura do Ano Letivo".

Nos dias 19 e 20 de Fevereiro a Jornada acontecerá no diurno, em local ainda a ser definido pela Secretaria de Educação.

ANGUERENSES FAZEM BONITO EM ETAPA DA KIDS TSW DE BIKE



A cidade de Anguera foi bem representada por Ana Vieira e João Felipe, ambos apoiados pela BIKESHOP. na I ETAPA DA COPA KIDS TSW DE BIKE, na cidade de Feira de Santana, no distrito de Jaíba, no ultimo domingo 19 de fevereiro 2020.

Anna Vieira, campeã da primeira etapa da Copa Kids Tsw
A primeira etapa da copa aconteceu no BIKE PARK SANTOS, na estrada de Jaíba. Anna Vieira sagrou-se campeã dessa etapa com grande esforço. Logo na primeira curva, Ana sofreu uma queda ficando na última posição, preocupando a torcida anguerense que foram prestigiar os nossos competidores. Com força de vontade e incentivo, principalmente dos pais Felipe Vieira e Ane Vieira, Anna se recuperou e na última volta com poucos segundos a frente da segunda colocada,  conquistou a primeira etapa da copa na categoria infanto juvenil feminino (de 11 a 14 anos).
Papai Felipe e mamãe Ane felizes com a conquista da filha

Em seu Instagram, Felipe Vieira escreveu: " tem coisas na vida que não tem dinheiro que paga e hoje eu presenciei e sentir algo na minha vida que nunca imaginei sentir, minha filha ser campeã da primeira etapa da copa kids tsw com muita determinação e competência"
João Felipe, 3º colocado infanto juvenil masculino

O outro atleta anguerense que brilhou mesmo não conquistando o primeiro lugar na  categoria infanto juvenil masculino (de 12 a 14 anos), foi  João Felipe, ele cruzou a linha de chegada na terceira posição e subiu ao pódio.

A Copa Kids Tsw acontece anualmente,  é realizada  em 4 etapas, segundo apurou o Anguera Online, uma dessas 4 etapas poderá acontecer na cidade de Anguera. Quem sabe a nossa campeã da primeira etapa Anna Vieira,  não ganhe essa etapa aqui em Anguera, ou seja, a grande campeã na sua terra natal,  caso aconteça aqui a terceira ou quarta etapa.


DEPUTADO QUE TEVE 2 VOTOS EM ANGUERA DESTINA 700 MIL PARA O MUNICÍPIO

Claudio Cajado em 2019 firmou
parceria com o Ex-prefeito
Mauro Vieira
O município de Anguera está sendo contemplado com recursos na ordem de 700.000,00 (setecentos mil reais) através de Emenda Parlamentar do Deputado Federal Cláudio Cajado. Os recursos serão investidos pela CODEVASF no calçamento de ruas.

O deputado Cláudio Cajado informa que o valor já se encontra empenhado, aguardando o processo licitatório para definição da empresa que ficará por conta das obras. A previsão é que as obras tenham início até o final do primeiro semestre deste ano. 

Cláudio Cajado nunca teve base eleitoral em Anguera, mas vem criando aproximação defendendo pleitos de interesse do município por intermédio do ex-prefeito Mauro Vieira. Em 2018, o Deputado Federal Cajado obteve apenas 2 votos em Anguera.

OLHAR PARA TRÁS. PARA QUÊ?



O final inusitado da última Maratona de São Silvestre, realizada em 31/12/19, na qual o Kibiwott Kandie (Quênia) ultrapassou Jacob Kiplimo (Uganda) nos últimos segundos da prova, me trouxe algumas preciosas lições e ao mesmo tempo me deixou com a mente meio confusa.

A confusão mental se deu porque sou parte de uma sociedade performática e competidora, na qual estarão sob os olhares dos holofotes midiáticos apenas os campeões, os vencedores, os fora de série, os triunfalistas, que olham sempre para a frente, que não desistem, que não recuam.

E essa tirania está impregnada, encrustada em todos os segmentos da sociedade. Não há espaço para os que recuam, para os que olham para trás.

Pois bem, o ugandês foi derrotado justamente por não ter olhado para trás. Aí gera uma confusão! Afinal, devemos ou não olhar para trás? Se sim, para quê? Daquela atitude de Jacob vieram as lições absorvidas por mim e torço pela absorção das mesmas por outras pessoas. Aprendi que olhar para trás nos ajuda a saber do lugar onde estamos.

Nos leva a lembrar do lugar de onde viemos e que outras pessoas foram importantes no processo das nossas conquistas (somos tentados, consciente ou inconscientemente a esquecer). Nos faz abrir os olhos para a realidade de que não somos os soberanos e que há pessoas atrás de nós, que são capazes de nos superar (talvez muito mais em razão da nossa megalomania “jacobiana” assoberbada do que pelos “kibiwotts”).

Assim sendo, concordo de que ficar fixado ao passado (tenha sido ele bom ou ruim) pode ser um fator paralisante. Mas deixar de olhar para trás, poderá nos fazer perder oportunidades que talvez nunca mais estarão ao nosso alcance. E aí, é possível chegar à conclusão da razão de você não ter cruzado a linha de chegada em primeiro lugar na sua “maratona existencial”?

Pr. André Pereira de Brito

MINHAS PROMESSAS PARA 2020



Desse negócio de promessas não cumpridas, o brasileiro é doutor do saber. E eu nem quero me referir à classe política. Quero tomar a liberdade de fazer menção a você e a mim. Sim. Porque ao término de cada ano e início de outro, a gente faz tantas promessas! Não é assim com você? Comigo é. E, sinceramente, a maioria delas fica sem ser cumprida. Mas em 2020 vai ser diferente (hummm!!! Já vi esse filme!).

Eu me arriscarei a novamente traçar metas e cumpri-las. Primeiro, eu quero me aproximar mais do CRISTO. Mas, para isso, ainda que pareça paradoxal, descobri que essa façanha só será possível se eu estiver disposto a me desreligiozijar. (Vixe! Que palavra!). Trocando em miúdos, é abandonar a religiosidade transformada em negócio ($$$$), em instrumento de culpa, medo e ganância. Eu quero é mais de Cristo e menos de mim. E vejo que esta ideia não combina com religião.

Eu quero me aproximar de gente. Qual tipo de gente? Não importa o tipo. Basta ser gente. Porque Jesus fez isso. Se aproximou de Mateus e Zaqueu (endinheirados, mesmo por meio, digamos não morais). Dialogou com a Samaritana (arriscando a sua reputação), interviu em favor da mulher adúltera (pondo em xeque o seu ministério), tocou em leproso (religiosa, cerimonial e socialmente imundo e excluído). Enfim, é desse Jesus que eu quero me aproximar.

E quanto aos inimigos? Ah, quanto a esses, eu quero fazer o que Jesus fez. E o que Ele fez? Amou-os. Sim, e as demais promessas? Bem, as outras virão, a partir do cumprimento desta. Um Feliz 2020 para você, meu amigo e para você, minha amiga.

Pastor André Pereira Brito

MORRE ANGUERENSE EM ACIDENTE DE MOTO


Na tarde da ultima segunda-feira, 23 de dezembro de 2019, Jair Oliveira veio a óbito, vítima de acidente entre moto e carro no município de Morro do Chapéu.

Segundo informações, Jair não resistiu aos ferimentos ao colidir a moto que pilotava com uma caminhonete em uma estrada vicinal que liga Morro do Chapéu a comunidade de Fedegosos.

O corpo do vitimado foi encaminhado para o Instituto Médico legal de Jacobina, de onde será liberado para sepultamento.

Nas redes sociais pessoas lamentam a morte de Jair, que estava feliz com a formatura e retorno de sua filha para morar em Várzea Nova. 

VEREADORA REIJANE DESISTE DA REELEIÇÃO



“Eu não serei candidata a vereadora nas eleições de 2020”. O anuncio foi feito pela vereadora Reijane Lima (PV), na tarde desta terça-feira (17), no programa Super Tarde da Rádio Anguera FM, apresentado pelo âncora Rogério Brito.

A decisão foi tomada após “muita reflexão durante todo o processo”, afirmou a vereadora. “Eu me lembro que no dia 17 de janeiro de 2017, quando eu fui protocolar meu 1º projeto na Câmara, eu comentei com um vereador que provavelmente esse seria meu único mandato e eu lembro que o vereador sorriu, mas não de mim, sorriu desacreditando”, contou.

“Eu já pensava nisso! Eu disse em meu 1º discurso na Câmara, eu disse que tinha alguns objetivos, e quando eu conseguisse cumprir, eu me daria por satisfeita. Até hoje eu não cumpri todos os objetivos, mas ainda resta um ano, o ano de 2020, para eu trabalhar e tentar cumprir com os objetivos que faltam. Eu nem me refiro às propostas, às 37 propostas da campanha, elas eu tenho no dia-dia procurado cumprir, eu não conseguirei cumprir todas, é claro, porque não depende só de mim, mas eu tenho me movimentado sobre elas e continuarei me movimentando em 2020 porque eu não sou candidata, mas vou continuar sendo vereadora e honrarei o meu mandato até o último dia de 2020”, disse, completando que a desistência “não está associada à desilusão”.

Questionada sobre qual seria o principal motivo, a vereadora afirmou: “Tem aquele momento onde as águas se dividem. Por muito tempo eu fiquei na reflexão. No final de 2017 eu disse aqui no seu programa que se eleição fosse naquele momento, eu não seria candidata. Ali já existia em mim a possibilidade de não continuar”, disse.

“O meio me causou muitas decepções. Eu não estou colocando responsabilidades nesta minha saída para ninguém. A gente deve escolher com quem devemos nos relacionar no dia-dia, com quem devo estar e onde estar. E aí, eu sinto necessidade de descartar um motivo, por exemplo. A população em momento nenhum me foi um motivo para sair. As pessoas falam muito que o povo cobra, mas em momento algum esse foi o motivo. A população em momento nenhum teve peso nessa decisão minha. Talvez algumas relações internas e algumas situações que não agradam para o meu convívio. Coisas que muitas vezes você entende, mas você não aceita”, afirmou.