PROGRAMA MEDICAMENTO EM CASA





A Secretaria Municipal de Saúde de Anguera inicia o Programa “Medicamento em Casa”.

O Convenio já foi assinado pelo Prefeito Mauro Vieira, pela Secretária de Saúde e pelo Secretário de Estado Dr. Jorge Solla.

O Programa tem por objetivo garantir a medicação, no próprio lar, aos pacientes  que são Hipertensos e Diabéticos.

Também as mulheres em idade fértil serão beneficiadas pelo Programa e receberão medicação (métodos contraceptivos) para seis meses.

Isso mostra que a Saúde em Anguera está cada dia melhor.

ACIDENTE NA BA-052 MATA TRÊS PESSOAS DA MESMA FAMÍLIA



rês pessoas de uma mesma família morreram em um acidente na BA-052 (Estrada do Feijão), por volta das 14h da ultima terça-feira (26), próximo a cidade de Serra Preta.

Segundo a Policia Rodoviária Estadual (PRE), o acidente envolveu um caminhão-tanque de placa JPW-6120, licença de Xique-Xique, e um veiculo Fiat Palio de cor prata, placa JRY-9771, com licença de Ipirá, mas ainda não há informações do que teria provocado a colisão.


As vitimas foram identificadas como Ana Ludimila Lima Galvão, 32 anos, fisioterapeuta, a mãe dela, Núbia Lima Galvão e Ariel Lima de 14 anos. Eles ocupavam o mesmo veículo e moravam em Ipirá.

Fonte e fotos: Acorda Cidade

PROJETO "MAIS ÁGUA" VAI GARANTIR ESTRUTURAS HÍDRICAS PARA FAMÍLIAS DO CAMPO EM ANGUERA



O Prefeito de Anguera Mauro Vieira esteve reunido na tarde de ontem (terça-feira, dia  26/02), com diretores do Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura Familiar de Anguera (SINTRAF) e a equipe do PROJETO MAIS ÁGUA da APAEB de Serrinha.

Foi apresentado o Projeto MAIS ÁGUA: "Captação de água da chuva para produção no semiárido baiano", que é desenvolvido pela APAEB de Serrinha, uma das entidades selecionadas pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (SEDES).
Durante reunião os técnicos explicaram a metodologia do projeto e os critérios de seleção das localidades e das famílias que serão beneficiadas.

141 ESTRUTURAS HÍDRICAS PARA ANGUERA

O projeto prevê a construção de sete tipos de estruturas hídricas para captação e armazenamento de água de chuva, a exemplo do barreiro familiar, barreiro comunitário, cisternas de produção, bomba d água popular, tanque de pedra, barragem subterrânea e limpezas de aguadas. No total, serão 141 estruturas hídricas, que beneficiarão 171 famílias em situação de insegurança hídrica, alimentar e nutricionais.

As famílias beneficiadas serão de diversas comunidades. As 141 estruturas hídricas serão assim distribuídas: 60 cisternas de produção, 50 barreiros familiares, 04 barreiros comunitários, 09 limpezas de aguadas e 01 barragem subterrânea e 15 quintais produtivos.

Fonte: Anguera Noticias

KIT PEIXE DA SEMANA SANTA



Começou nesta segunda, (25/02), a entrega de tíquete para o peixe da semana santa. A Prefeitura Municipal de Anguera, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, avisa que a entrega do tíquete vai até o dia 25 de março, de segunda a sexta, das 09:00 às 16:00 horas.

O responsável familiar deverá procurar a Secretaria de Desenvolvimento Social com o cartão Bolsa Família. O responsável familiar que não tiver o Bolsa Família, deverá apresentar o documento de identidade

A distribuição do KIT PEIXE vai ser no dia 28 de março, quinta-feira santa a partir das 07:00horas no Centro de Abastecimento.

Haverá transporte de ida e volta para todas as regiões do município.

BANDA OS STYLLE E DJ JOSUEL ANIMARAM O ANGUERA FEST



Aconteceu ontem (23/02) o ANGUERA FEST, no Clube de Campo Tropical. Muita gente foi conferir de perto, mais uma apresentação da mais nova prata da casa, a BANDA OS STYLLE.



A Banda recém formada fez uma apresentação digna de aplausos. Os integrantes empolgados com a boa fase que estão passando, inclusive sendo reconhecidos como uma boa promessa da música anguerense, transformou o salão do Clube de Campo Tropical em um verdadeiro espetáculo, unindo o swing baiano da dança com o ritmo e alegria que envolvem jovens.  


Também no ANGUERA FEST, houve a apresentação de uma das revelações no que se diz respeito às pistas de dança. O DJ JOSUEL, em uma das suas melhores apresentações, animou a galera, tocando os hits do momento, embalando mulheres, homens e todos que ali estavam presentes.


O ANGUERA FEST ainda contou com a participação da BANDA DOCE SEDUÇÃO, que mais uma vez marcou presença. A Banda já caiu no gosto da galera e todos curtem o bom arrocha.


Ainda se apresentaram na noite, as bandas Star Hit e No Visual, ambas bandas de pagodão e da cidade de Feira de Santana.

A IMPORTÂNCIA DO BOLETIM DE OCORRÊNCIA POLICIAL PRODUZIDO PELA POLÍCIA JUDICIÁRIA



O boletim de ocorrência é, sem dúvida, o documento mais importante produzido pela Polícia Civil. Devido a sua importância, teceremos alguns comentários sobre essa peça informativa sem, contudo, querer esgotar a matéria, vez que, se assim quiséssemos, ocuparíamos aqui inúmeras páginas abordando o assunto. Ademais, nosso objetivo aqui será apenas o de informar ao cidadão anguerense sobre alguns benefícios do B.O. (boletim de ocorrência policial).

Pois bem, o referido documento é utilizado pelos órgãos da Polícia Civil com a finalidade de formalizar a notícia crime, ou seja, de transcrever os fatos levados ao conhecimento da autoridade policial. Já para o queixoso (aquele que noticia o crime), o B.O. é um documento hábil para provar a sua comunicação e/ou solicitação de providências à autoridade policial.  Sendo assim, após a comunicação dos fatos, esses serão analisados pela autoridade policial que adotará as providências legais, dando início ou não à investigação criminal. As informações contidas no B.O. levarão a polícia a desencadear uma serie de ações visando à prevenção e repressão do crime, como também a adoção de medidas voltadas para a segurança pública do município.

Com isso, podemos dizer que a informação é a matéria prima da atividade policial para a condução das investigações, e que o início das investigações parte dos fatos informados e narrados no B.O., pois, esta peça informativa presta-se fielmente à descrição dos fatos, registrando datas, horários, locais, relacionando objetos, discriminando as pessoas envolvidas, identificando as partes, etc. Ademais, vale ressaltar que é através da notícia levada até a Delegacia que motivamos a autoridade policial para que adote providencias sobre o fato noticiado. Por isso, quando deixamos de noticiar o fato delituoso, mesmo que irrelevante, estamos prestando um desserviço a nós mesmos e à sociedade. Acontece que, ao agirmos assim, passamos despercebidos pelas instâncias mais altas do governo, vez que as informações contidas no B.O. são levadas até esses, que, por sua vez, elaborarão as estatísticas policiais com a finalidade de identificar os pontos críticos de violência, seja ela contra a pessoa ou contra o patrimônio. E desse mapeamento estatístico, a Secretaria de Segurança Pública desenvolverá ações para prevenir e minimizar os efeitos da criminalidade, além de encaminhar recursos e investimentos para cada unidade policial utilizando como parâmetro os índices colhidos através dos registros, ou seja, dos B.O.´s de cada região. Dessa forma, se não existem registros (notícia crime), é como se tudo estivesse funcionado dentro da sua normalidade, podendo ocorrer à cessação dos investimentos para aquela região ou município.

Portanto, caro leitor e cidadão anguerense, acredite mais no poder estatal, noticiando o crime toda vez que se sentir prejudicado ou quando tenham ferido o seu direito. Procure a Delegacia de Polícia da sua circunscrição, ou seja, do seu município, comunique o fato e exija a confecção do boletim de ocorrência policial. Com esse comportamento você estará ajudando a Secretaria de Segurança Pública a mapear os índices de violência em nosso Estado e, principalmente, na nossa querida Anguera.

EDUCAÇÃO MORAL E CÍVICA NAS ESCOLAS



Há muito tempo atrás, muitas escolas tinham uma grade de horário e de disciplinas, em certa medida, bem diferentes das de hoje; o engraçado é que as aulas sempre começavam após o carnaval e o calendário nunca foi tão acochado como hoje se mostra.

Havia música e teatro, também, nas escolas públicas, e não havia aprovação automática.
Existia, também, uma disciplina que simplesmente foi arrancada da grade escolar por ter sido idealizada em período conturbado da sociedade nacional: "Educação Moral e Cívica".

Entende-se, contudo, que isso foi um equívoco das autoridades competentes, pois a referida matéria tratava do:Espírito democrático, da dignidade da pessoa humana, da liberdade, do respeito  aos símbolos nacionais,  da preservação e do fortalecimento dos valores espirituais e éticos da nacionalidade, do sentimento de solidariedade humana; do aprimoramento do caráter social,  da compreensão dos direitos/deveres e do conhecimento da organização sócio-político-ecônomica do País, do patriotismo, da ação construtiva, da obediência à Lei e a família, da fidelidade ao trabalho, etc.

A intenção, entre outras, era empossar os jovens de conteúdos que poderiam auxiliar durante sua vida, e que muitas vezes requer verdadeiro espírito cívico para superação.

A matéria, assim, abordava temas como educação, direito, cidadania, consciência cidadã, caráter, virtudes e valores sociais, direitos e deveres, dentre muitos outros. Temas que, muitas vezes, sentimos que a sociedade ainda permanece carente.

Em face disso, entende-se que é muito coerente o retorno de tal disciplina, uma vez que a sociedade precisa de maior aporte, sobretudo os mais jovens. Faço saber, ainda, que a referida matéria era da grade escolar logo nos primeiros anos, servindo de verdadeira base de aprendizado para formação de cidadãos.

Caso você concorde, assine a PETIÇÃO PÚBLICA acessando o link abaixo:

http://www.avaaz.org/po/petition/Educacao_Moral_e_Civica_nas_escolas/?cYXwNdb


JORNADA PEDAGÓGICA DA REDE MUNICIPAL EM ANGUERA



A Jornada Pedagógica da Rede Municipal de Ensino, em Anguera, será realizada entre os dias 19 e 21 de fevereiro.

O destaque principal será a palestra do Professor Serrano Freire, na terça-feira (19/02), na abertura do evento, a partir das 13h:30min, no Clube de Campo Tropical.

Serrano Freire é escritor e palestrante internacional. Em Anguera estará falando sobre o tema "Uma Aula de Sucesso".

O tema geral da Jornada Pedagógica 2013 é "Educação, nossa Vida... Escola, nosso Amor!". O objetivo deste tema é valorizar o ambiente escolar, diagnosticar a realidade das escolas e construir um plano de ação para cada unidade a fins de direcionar as prioridades neste ano letivo.

As aulas na Rede Municipal terão início no dia 04 de março.

HORÁRIO DE VERÃO ACABA NESTA MADRUGADA



Terrmina à 0h deste domingo (17) o horário de verão. Com isso, no início da madrugada de sábado (16) para domingo, moradores das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país, além de Distrito Federal e de Tocantins, terão de atrasar em uma hora os seus relógios.

Segundo o Observatório Nacional, o horário de verão, que começou em 21 de outubro de 2012,  teve 88 dias. De acordo com o decreto 7.826, os estados que o adotaram foram Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins e  Distrito Federal.

Segundo informação divulgada nesta sexta-feira (15) pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), no período houve redução de cerca de 2.477 megawatts (MW), ou 4,5% do consumo na demanda no horário de pico. No horário de verão anterior, a redução de demanda no horário de pico foi de 2.555 MW, representando 4,6%.

De 2011 para 2012, a mudança de horário gerou uma economia de R$ 160 milhões, já que reduziu a necessidade de uso das térmicas. No horário de verão de 2012 para 2013, a economia teria sido de R$ 200 milhões caso as térmicas não estivessem ligadas, o que a ONS chama de "despesa evitada".

A redução de gasto, no entanto, não ocorreu, já que todas as usinas térmicas estão ligadas e a diminuição no consumo de energia no horário de verão deste ano foi de 250 MW médios.

MELHOR APROVEITAMENTO

O horário de verão foi criado em 1º de outubro de 1931, com o decreto 20.466. Desde  2008, o horário de verão se inicia no terceiro domingo de outubro e vai até o terceiro domingo de fevereiro.
Segundo a determinação, quando houver coincidência entre o domingo de carnaval e o término da medida, o encerramento se dará no domingo seguinte.

O objetivo do horário de verão é aproveitar os dias mais longos do verão, com mais tempo de luz solar, para economizar energia.

SAÚDE REALIZA PRIMEIRA REUNIÃO DO ANO DE 2013 E COMEMORA ANIVERSÁRIO DO PREFEITO MAURO VIEIRA



A Secretária de Saúde de Anguera Dra. Miriam Caldas, realizou no ultimo dia 07 de fevereiro a primeira Reunião com todos os Colaboradores da Saúde contando com a presença do Prefeito Mauro Vieira.

Nesta oportunidade o Prefeito apresentou a nova Diretora Administrativa do Hospital a Enfermeira Maria Manuela de Lima Cordeiro, a Coordenadora da Atenção Básica a Enfermeira Karine de Oliveira Cardoso e os demais.

A comemoração do aniversário do Prefeito Mauro Vieira não passou despercebida, onde foi comemorado com muita alegria por todos que ali estavam.

O momento serviu de reflexão sobre o trabalho que é feito em todos os setores da saúde, bem como confirmar o compromisso de todos os colaboradores com a Saúde em Anguera.

Confiram algumas fotos abaixo:












JULGAMENTO COMEÇA SEGUNDA-FEIRA EM RUY BARBOSA



Começa na segunda-feira, 18, julgamento dos nove integrantes da banda de pagode New Hit e do soldado da PM que fazia a segurança da banda, acusados de estupro contra duas adolescentes de 16 anos, em agosto do ano passado, no município de Ruy Barbosa, a 379 km de Salvador. 

Os acusados participarão de audiências individuais com a juíza Márcia Simões Costa, titular da Vara Crime de Ruy Barbosa, que acontecem até quarta-feira, 20.

Um laudo do Departamento de Polícia Técnica (DPT) confirmou a versão das jovens. (AT)

TRE VAI MULTAR QUEM NÃO JUSTIFICOU AUSÊNCIA NAS ELEIÇÕES



Os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) começam a divulgar na próxima quarta-feira (20) os nomes dos eleitores que deixaram de votar nas três últimas eleições e que podem ter os títulos cancelados. 

A lista com eleitores em situação irregular será disponibilizada nas sedes dos cartórios eleitorais. Antes disso, o votante já pode consultar irregularidade, diante à Justiça Eleitoral, por meio do site do TSE.

O eleitor que tiver o nome incluído na relação deverá comparecer ao cartório eleitoral no período de 25 de fevereiro e 25 de abril para regularizar a situação, portando documento oficial com foto, título eleitoral, comprovantes de votação, de justificativa eleitoral e de recolhimento ou dispensa de recolhimento de multa.

O não comparecimento no cartório eleitoral para comprovação do exercício do voto, da justificativa de ausência ou do pagamento das multas correspondentes implicará no cancelamento automático do título de eleitor, que será efetivado entre 10 e 12 de maio de 2013.

O  eleitor que não votou e não justificou sua ausência pagará multa de R$ 3,50 por eleição em que deixou de votar. Se o eleitor não tiver condição financeira de efetuar o pagamento da multa, o juiz eleitoral poderá dispensar o recolhimento.

Quem está em débito com a Justiça Eleitoral fica impedido, por exemplo, de obter passaporte ou carteira de identidade, receber salários de função ou emprego público, participar de concorrência pública ou administrativa, contrair empréstimo em instituição financeira pública e ser nomeado, caso passe em concurso público.

Informações A TARDE Online.

GRIPE VIRAL BATIZADA DO HIT DO CARNAVAL ZIRIGUIDUM


Ziriguidum, hit do carnaval foi batizado o já tradicional legado viral deixado todo ano pela folia.

Matéria do Correio revela que a previsão da Secretaria Municipal de Saúde é a que até 45 dias após o termino da festa os postos ainda recebam pessoas com sintomas do vírus.

A estimativa é baseada no período de incubação da doença que varia entre dois a cinco dias. 

BLOGUEIRA CUBANA VISITA FEIRA DE SANTANA NA PRÓXIMA SEGUNDA-FEIRA



A blogueira Yoani Sánchez, finalmente conseguiu seu passaporte e um visto para entrar no Brasil. Na próxima segunda (18) ela desembarcará em Feira de Santana, onde cumpre agenda com debates e diversas atividades sociais.

No dia 18, Yoani acompanha a exibição do documentário “Conexão Cuba-Honduras”, do cineasta Dado Galvão, que conta um pouco da história da cubana, no Museu Parque do Saber, ás 19 h. O evento contará também com a presença do senador Eduardo Suplicy.

Na terça-feira (19), a blogueira concederá uma entrevista coletiva na Câmara de Dirigentes e Lojistas(CDL), ás 8h. No mesmo dia um grande debate aberto àcomunidade, cujo tema central será “Liberdade de Expressão e Direitos Humanos” será realizado no espaçode eventos, Olimpo, às 18h30, com entrada gratuita.

LIÇÃO DE UMA RENÚNCIA HUMANAMENTE IRRENUNCIÁVEL



           


           O mundo foi apanhado de surpresa com o anúncio do pedido de renúncia ao papado feito pelo Cardeal Joseph Alois Ratzinger, sua Santidade o Papa Bento XVI. A renúncia de um papa é um fato inusitado e é a primeira da era moderna, o que inevitavelmente, geram as especulações e os rumores sobre os possíveis motivos que levaram o papa a tomar uma decisão como essa.
           O texto não abordará o aspecto teológico-religioso e nem especulará os porquês da renúncia. O que queremos ressaltar são a coragem e o despojamento da vaidade e do orgulho que o papa demonstrou para renunciar um cargo de uma magnitude sócio-religiosa de tamanha envergadura, uma vez que chegar à condição de papa, torna o ser humano (e o papa Bento XVI é humano) uma celebridade, com direito às honrarias que as maiores autoridades mundiais têm direito. À figura do papa são direcionados todos os holofotes midiáticos onde quer que ele vá. Ao que um papa se propuser a dizer, são direcionados todos os microfones e a sua palavra terá grande relevância sejam quais forem os assuntos, pois do papa se espera um posicionamento sobre os grandes acontecimentos ao redor do planeta. Em se tratando do papa, milhões gostariam de ao menos uma vez na vida tocar-lhe a mão ou beijar-lhe. Para os que comungam da sua fé, o papa é o legítimo representante do Senhor aqui na terra – o Sumo Pontífice. A palavra do papa é geralmente compreendida como dogma e seguida à risca. E, convenhamos, com todas essas credenciais, qual ser humano abnegadamente abriria mão? Quem não gosta de chamar a atenção para si? Quem não quer ser tratado como celebridade? Quem não desejaria que parte dos olhos do planeta fosse voltada para si? Sabe quem? Todos nós gostaríamos. Talvez não quiséssemos ser um papa. Mas as honrarias conferidas a um papa, nós gostaríamos de tê-las. E esse desejo é tão somente por sermos humanos. Pois o ser humano traz consigo uma coisinha chamada orgulho. Que faz pulsar dentro de si o desejo de ser o primeiro, de ser notado, elogiado. Eu sei que essa pulsão é bem mais aguçada em alguns em relação a outros, todavia, em maior ou menor grau, todos nós a temos.
            E se como nós, o papa é humano, com a notícia da renúncia, fiquei a indagar sobre o que leva uma pessoa a renunciar o irrenunciável. Como abrir mão de algo que massageia profundamente o ego? E a partir de tais dúvidas, me veio pelo menos uma lição: a da honestidade consigo mesmo.
            O papa foi honesto consigo mesmo. Entendeu que para a magnitude do cargo, ele não reunia mais força (seja, física, emocional ou espiritual) para continuar. Mas em nome do orgulho, sentimento inato de cada ser humano, ele poderia pensar que não se deixaria levar pelo seu sentimento e não externaria a sua fraqueza. Poderia argumentar que sendo o cargo vitalício, dele só sairia morto. Poderia continuar para dar uma resposta aos seus críticos e poderia ainda se valer da teoria zagalliana que diz: “Vocês vão ter que me engolir.” O papa ainda poderia ficar preso ao que os outros iriam dizer. Mas o ele não pensou em nada disso. Ele abriu mão da própria honra. Preferiu descer do topo, mesmo sabendo que embaixo, “abutres” estariam prontos para devorá-lo.
          Metaforicamente, os abutres são aqueles que covarde e teimosamente insistem em ficar onde estão, mesmo que a sua permanência seja geradora de morte e não de vida; de adoecimento e não de cura; de retrocesso e não de progresso. Mas o orgulho fala mais alto e não os deixa renunciar.
         O papa renunciou o irrenunciável. Por certo, conhecemos muita gente que deveria renunciar o renunciável. Mas não renuncia. Pois o orgulho não deixa. Gerentes atrofiando suas empresas. Diretores atrofiando suas escolas e departamentos. Professores atrofiando o futuro promissor dos seus alunos. Pastores e padres atrofiando a vida dos fiéis. Mas não renunciam. O orgulho não deixa. E olha que essa renúncia seria ao renunciável.
            Então, quando vi o papa renunciar o irrenunciável, só pude compreender que ele foi muito nobre, muito grande. Pois em nome de uma causa maior, abdicou de privilégios pessoais, de vantagens. Ele reconheceu que para a grandeza da missão, existia gente mais preparada que ele. E é essa a nobreza que falta a muita gente. A de reconhecer que ela não é a única a fazer as coisas acontecerem. Pelo contrário, as coisas não acontecem exatamente por causa dela. Falta coragem para admitir que existe sempre alguém melhor que a gente. E essa coragem o papa Bento XVI teve.

Pr. André Brito.
           
           

A EXPANSÃO DEMOGRÁFICA NO MUNICÍPIO DE ANGUERA COM O SURGIMENTO DE NOVOS LOTEAMENTOS URBANOS



Privilegiada por sua localização geográfica e cercada por cidades maiores que si mesma, Anguera tem despertado o interesse de visitantes e filhos da terra que um dia se afastaram para trabalhar e residir em outras cidades, mas que agora, no momento tão esperado, após longo tempo de labor, ou seja, no desfrute da aposentadoria, retornam para a terra natal atraídos pelas benesses oferecidas pela cidade da simplicidade e beleza.

Os ilustres visitantes e filhos da terra, identificando-se com a prosperidade do município, resolvem investir na compra de imóveis, apostando na valorização imobiliária, dando preferência aos lotes de terras oferecidos nos inúmeros loteamentos urbanos que surgem no município. Acontece que a explosão demográfica tende a ser um problema para o futuro do município se não forem impostas regras para uso e ocupação do solo, favelizando áreas nobres e hipertrofiando o crescimento da região.

Em razão disso, não se pode permitir a criação de loteamentos sem aquiescência do poder público, ignorando regras e prejudicando o desempenho dos serviços públicos essenciais oferecidos à população. Embalado por tal raciocínio, necessária seria a imposição, por parte do poder público, de regramento exigindo que o solo a ser habitado tenha metragem padronizada, arruamento, posteamento e áreas reservadas para uso comum e para construção de locais públicos: praças, creches, escolas, postos de saúde e outros que viabilizem o atendimento às necessidades dos cidadãos; tudo em consonância com o Código de Urbanismo e Obras do Município ou Plano Diretor, e na falta destes, com a Lei nº 10.257/01 denominada Estatuto da Cidade. Pois, com ruas largas poderemos permitir a entrada de ambulâncias, viaturas da polícia, veículos para coleta de lixo, entre outros. Já com o posteamento e as áreas de uso comum, poderá a administração pública oferecer serviços de iluminação pública de qualidade e outros serviços voltados para o lazer, saúde e bem-estar do cidadão.

A cidade deve ser pensada e planejada para o futuro, com o objetivo de ordenar o pleno desenvolvimento das funções sociais da propriedade urbana, de forma a evitar: a utilização inadequada dos imóveis urbanos; o parcelamento do solo, a edificação ou o uso excessivos ou inadequados em relação à infra-estrutura urbana; a deterioração das áreas urbanizadas;  a poluição e a degradação ambiental; a exposição da população a riscos de desastres; entre outros fatores defendidos pelo Estatuto da Cidade.

Da mesma maneira, espera-se que o cidadão anguerense faça a sua parte, e ao edificar uma casa, seja ela residencial ou comercial, procure a orientação do poder público local a fim de adequar e regularizar o imóvel conforme a legislação municipal. Com isso, aproveitemos as lições em comento para garantir que a nossa querida Anguera seja uma cidade sustentável, assegurando o direito das gerações atuais e futuras.