A VOTAÇÃO DOS “ESTRANHOS” EM ANGUERA


Aos apreciadores da política anguerense, vale observar a votação de candidatos a deputados estranhos, sem apoio na cidade, e que levam grande parte dos votos depositados nas urnas do Município.

Enquanto os grupos políticos estabelecidos disputam votos e após o pleito fazem contas e dão diagnósticos sobre a conjuntura política visando as eleições municipais, os candidatos estranhos estão aí com seus votos recebidos, na listagem oficial do TRE, eleitos ou não, sem comprometimento com pessoas da terra e com seus votos figurando num patamar que não define direta ligação com qualquer segmento local.

Estão aí, os votos dos desconhecidos, mostrando também que a liberdade de uma livre escolha mais intensa também predomina entre parte do eleitorado anguerense numa eleição para deputado, apesar dos grupos locais “guerrilharem” por votos.

Não há como se ter certeza, mas grande parte destes votos são oriundos de pessoas que aqui votam, mas residem em outros municípios, a exemplo principalmente de Salvador e também Feira de Santana. Filhos da terra que moram fora ou pessoas com alguma ligação com Anguera. Não faltam também os curiosos que assistem o horário político e neste palanque da mídia, acabam simpatizando com um ou outro candidato.

Para estes candidatos foram dados 819 votos para Deputado Federal. Somando-se a votação de todos que são supostamente “os desconhecidos” ou “sem apoio de políticos em Anguera”. Para Deputado Estadual a soma é de 734 votos. De um em um voto, de dois em dois, de três em três, chega-se a esse total.

Um comentário:

  1. gilvanei@bol.com.br18 de outubro de 2010 10:17

    isto sim é democracia ,não em pleno século 21 ainda existir voto de cabresto ou coronelismo o eleitor tem que ter independençia na hora de votar não Q.I quem indica

    ResponderExcluir

ATENÇÃO! NÃO SERÃO PERMITIDOS E ACEITOS OS COMENTÁRIOS QUE VIEREM COM OFENSAS E XINGAMENTOS.

AO POSTAR O COMENTÁRIO ESCOLHA A OPÇÃO: Nome/URL e comente usando o seu nome.